Indicação de Leitura – “Indefensável — O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samudio”

INDEFENSÁVELQuatro anos após o crime que resultou na morte de Eliza Samudio, amante de Bruno Fernandes, ex-goleiro do Flamengo, três jornalistas retomam a história e contam bastidores do episódio.

Paula Sarapu, Paulo Carvalho e Leslie Leilão acompanham o caso desde o começo, quando Eliza acusou Bruno de agressão e de tê-la obrigado a ingerir medicamentos abortivos. Uma das principais revelações do livro “Indefensável — O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samudio” (Record, 266 páginas), é a história do planejamento para matar o promotor de justiça Henry Wagner.

Bruno é indefensável, é o que nos diz o livro. O livro é para estômagos fortes. Há sordidez, canalhice, insanidade em doses cavalares. “Indefensável” mostra que Bruno & cia se aliavam para a prática de crimes. Um atleta que poderia ter sido o goleiro da Seleção Brasileira na Copa de 2014, mas acabou vendo a competição da cadeia. Trata-se de thriller policial que disseca a macabra trama – planejada e calculada com rara frieza por Bruno – que resultaria na morte da atriz pornô Eliza Samudio, em junho de 2010. Todo Iter Criminis sob o olhar do leitor. Podemos achar que é uma ficção, mas se trata de realidade.